5 erros que estão bloqueando o faturamento potencial do seu hotel, da sua rede ou pousada! - Bebook
Demonstração Gratuita

5 erros que estão bloqueando o faturamento potencial do seu hotel, da sua rede ou pousada!

A baixa ocupação é o terror de todo gestor de hotel. Não há quem não se preocupe com o período de vacas magras. Mas lembre-se: se você faz sempre a mesma coisa, não há como ter resultados diferentes.

Então, é preciso renovar as práticas da empresa e o momento de baixo movimento pode ser o ideal para isso! Você pode, por exemplo, investir em sistemas automatizados e em diversas frentes para aperfeiçoar a sua gestão hoteleira. Para evitar problemas uma das soluções a ser adotada é investir na automatização de processos.

E pensando nos erros que o seu negócio pode evitar, separamos 5 erros que estão bloqueando o faturamento potencial do seu hotel, da sua rede ou pousada. Confira:

1. Não se planejar com base no contexto atual e nas tendências

Analise os períodos anteriores para entender quais são as épocas de menor e maior movimento.

Também avalie o momento econômico atual. A pandemia, por exemplo, trouxe novos requerimentos dos hóspedes. Hotéis com quartos mais separados e possibilidades mais privadas chamaram a atenção (como as famosas cabanas no Sul).

Se o país está em uma crise, é possível que o poder de consumo de seu cliente diminua.

2. Não criar oportunidades: como eventos e afins

Não é apenas sobre aproveitar oportunidades, mas sobre criar.

Um evento, por exemplo, pode transformar uma época de pouca movimentação em período de alta temporada temporária. Portanto, entender quem é o público dos eventos em questão e adaptar o seu negócio para recebê-los é essencial.

Além disso, determine metas com um crescimento possível na sua visão estratégica para os próximos anos.

3. Ter um atendimento que não visa fidelizar os clientes (exemplo: atendente monossilábico)

Esse erro vale para qualquer época do ano, mas é muito menos compreensível quando se tem um hotel com pouca demanda, que é quando o seu hóspede espera receber mais atenção do estabelecimento.

A concorrência também aumenta muito na baixa temporada, e ter boas avaliações ajuda a destacar a sua marca nesta época.

4. Não investir em melhorias para o seu hotel (e não divulgar quando faz esses aprimoramentos)

Pode ser aquela reforma em algum ambiente ou até mesmo coisas menores, como colocar alguns equipamentos novos, pois é importante sempre buscar a modernização.

Aproveite também para estudar, buscar referências e aprofundar o conhecimento no ramo.

5. Não fazer promoções

Há quem deixe para viajar na baixa temporada justamente para não gastar tanto. Aprenda a promover a ociosidade (baixa ocupação) e lucrar com a alta ocupação praticando o preço certo, na hora certa, para a pessoa certa. Não deixe de ter preços atrativos, apostando em pacotes e no que mais puder oferecer de cortesia para o cliente, como massagens, drinks da casa ou qualquer outro serviço extra.

Mas isso pode dar muito errado: quer saber como? Veja o próximo tópico.

EXTRA: Cuidado ao fazer promoções

Para fazer essas promoções, é necessário não cobrar menos do que deveria. Colocar o preço errado pode acabar com a reputação do local e com todo o processo.

Para não ter erro, o ideal é ter algo automatizado, que faça um estudo estratégico e rápido, fazendo o seu espaço ficar à frente dos concorrentes. E o nosso robô é quem faz tudo isso para você! Flutuar tarifa é coisa do passado: ter tarifa estratégica é o futuro, é com bebook.

Isso porque você pode ganhar dinheiro até mesmo nos períodos mais fracos para o seu negócio, porque somos um sistema inteligente, que faz a gestão de tarifas através de ferramentas que cruzam dados de controle, estratégia e tendência.

Clique aqui e saiba agora como adquirir os nossos serviços!

Blogbook

Mantenha-se atualizado sobre as notícias do meio de hotelaria e atualizações de software que facilitam sua vida e organização.